POLÍCIA REVOLUÇÃO CONTRA O CRIME
COMPANHIA DOS INSTRUTORES DE TREINAMENTO





APOSTILA DO INSTRUTOR

ÍNDICE:

Capítulo I - Introdução
Capítulo II - Instruções
Capítulo III - Decorrer da instrução
Capítulo IV - Usando o fórum
Capítulo V - Sistema de metas
Capítulo VI - Avaliações e TFI
Capítulo VII - Promoções
Capítulo VIII - Documentação
Capítulo IX - Reuniões


Capítulo I - Introdução

Esta apostila propõe ajudar os instrutores, a fim de diminuir as dúvidas e facilitar a difusão de informações, principalmente para os novos instrutores, contendo informações sobre diversos assuntos que, muitas vezes, geram dúvidas.

Capítulo II - Instruções

Os instrutores têm a responsabilidade de aplicar três instruções, sendo elas: Curso de Formação de Soldados, o Curso de Formação de Cabos e o Curso de Aprimoramento de Praças, para recrutas, cabos e subtenentes, respectivamente.
O Curso de Formação de Soldados (CFSold) é a primeira instrução de um policial do corpo militar. Esta aula reúne as informações mais básicas sobre a RCC, como a forma de tratamento com os demais policiais, como deve ser seu atendimento e os comandos.
Ao acertar quatro das cinco perguntas, os recrutas são aprovados, e promovidos à soldado pelo instrutor, que, em seguida, deverá postá-los devidamente e instruí-los pela Revolução Contra o Crime.
O Curso de Formação de Cabos (CFC) é uma instrução extremamente necessária para que o policial siga sua carreira na RCC. É ensinado ao policial todas as funções da instituição, além de como mexer no fórum e, de forma breve, a história da RCC.
O policial que acertar todas as perguntas é aprovado na aula e deve entrar no grupo "[RCC] Curso Form. de Cabos.", essencial para que possa ser promovido a Sargento.
O Curso de Aprimoramento de Praças (CAP), aplicado aos subtenentes, tem como objetivo apresentar-lhe a documentação da Polícia RCC, assim, mostrando as responsabilidades que virá a ter e introduzindo-o na documentação: CCM, CPM, PCE e Portarias, para que ele possa.
O policial que acertar todas as perguntas é aprovado e deve entrar no grupo "[RCC] Conf. de Aprimoramento de Praças", essencial para que ele possa ser promovido a Aspirante a Oficial.

Capítulo III - Decorrer da instrução

A partir do momento em que você for aplicar instruções, deve levar os policiais à uma das salas de instrução (para aprender verificar se uma sala está em uso, basta acessar: [INS] Tutoriais . Vale recordar que, as salas 01, 02, 03 e 04 são da Liderança dos Instrutores, ou seja, deve ser usada somente quando você, instrutor, tiver direitos nelas. As salas 05, 06, 07 e 08 são salas de instrução automáticas e funcionam por meio de wireds, sistema esse que você pode aprender como funciona por aqui: [INS] Tutoriais .
Acomode os policiais a serem instruídos e, então, siga o script da respectiva aula a ser aplicada (que você pode encontrar aqui: [INS] Site ou até mesmo no tópico [INS] Scripts . É essencial que você ensine tudo o que o script diz, porém, é extremamente importante ressaltar que você não precisa se limitar ao script e pode citar outros temas, brincar e descontrair com os instruídos, pois o script serve como guia, porém você é quem dá a aula.
É importante lembrar também que é extremamente necessário que você mantenha a calma e paciência durante toda a instrução, buscando não se exaltar para que, assim, não perca a razão.
Ao fim da instrução, você deverá postá-la em seu devido relatório e em seus devidos tópicos, e, caso necessário, fornecer o emblema de confirmação ao policial instruído.

Capítulo IV - Usando o fórum

O sub-fórum dos instrutores é cheio de tópicos, que devem ser utilizados de forma adequada.
Temos o tópico: [INS] Projetos e Sugestões , que serve para postagem de sugestões e projetos, com o objetivo de melhorar a companhia, esses avaliados pelo ministério e liderança dos instrutores. Além disso, caso encontre erros em algum dos documentos dos instrutores, basta você corrigir aqui: [INS] Correções - Scripts/Documentos . Para postar nestes tópicos, basta preencher o modelo de postagem do primeiro post.
Se você não se acostumou com a companhia, ou deseja sair por algum motivo, deve primeiramente conseguir uma permissão para saída, com algum ministro ou membro da liderança e em seguida, acesse: [INS] Site , direcione o seu mouse para "Lista de membros", clique nesse menu e depois em "Abrir um requerimento", o que irá direciona-lo a um formulário onde você deverá preencher e em seguida enviar. Pronto, você já terá saído da companhia. Lembre-se antes de pedir permissão, pois caso não fizer, receberá medalhas negativas.
Por outro lado, se você precisar de uma licença, ou de uma reserva, você deve fazer o mesmo procedimento, lembrando claro de ter a permissão de um ministro ou membro da liderança, para assim não ter a possibilidade de ocasionar a sua expulsão por inatividade.
E se tiver dúvidas sobre como postar suas instruções, basta dar uma olhada aqui: [INS] Tutoriais .
Vale lembrar que os Instrutores têm o chat interno da companhia ([INS] Chat ), para fazer avisos e, é claro, para descontrair um pouco.

Capítulo V - Sistema de metas

Você, como Instrutor, tem a meta de aplicar no mínimo sete instruções semanais. A partir do momento em que você aplicou sete instruções, deve dar prioridade aos instrutores com menos instruções aplicadas, mas, ainda assim, pode continuar aplicando instruções normalmente na semana. Tudo bem se na primeira semana não bater a meta, mas é essencial que você busque batê-la o máximo de vezes possível, não ficando duas ou mais semanas seguidas sem atingir a meta, pois isso poderá resultar na expulsão da companhia.
Os instrutores que aplicarem entre 7 e 14 instruções na semana, recebem dez medalhas; Os que aplicarem entre 15 e 24 instruções na semana, recebem quinze medalhas; E os que aplicarem 25 ou mais instruções, recebem 20 medalhas; Os que aplicarem menos de 4 instruções, recebem 10 medalhas negativas.
Para conferir a porcentagem semanal e mensal, você deve acessar o site dos instrutores e ir em "METAS", pois lá é encontrado o total de instruções aplicadas, na semana e mês. E um detalhe interessante, o instrutor que aplica mais instruções na semana, aparece como destaque no início do site.
Vale lembrar que Graduadores e Avaliadores também têm suas respectivas metas, que vocês saberão quais são ao alcançarem tal cargo na companhia.

Capítulo VI - Avaliações e TFI

Assim que entrou na companhia, você, como Aprendiz de Instrutor, terá sete dias para se adaptar à companhia. Nesses sete dias, você deve estudar o Regimento Interno dos Instrutores e procurar por um Avaliador para que possa ter a Avaliação I, que tem como conteúdo perguntas sobre o Regimento Interno. Para lê-lo, clique aqui: [INS] Regimento Interno .
Com a Avaliação I e 7 dias completos na companhia, você deverá procurar um Graduador para que possa fazer o Treino de Formação de Instrutor (TFI), o qual terá uma série de perguntas que, ao respondê-las, se aprovado, você será promovido à Instrutor.
Já como Instrutor, deverá procurar novamente por um Avaliador para que este lhe aplique a Avaliação II. Esta avaliação, assim como a anterior, também terá como tema o Regimento Interno, porém, com perguntas mais específicas e, de certa forma, mais difíceis.
Ao completar os três cursos, você não precisará de mais nenhum, assim, a sua nova luta será pelo cargo de graduador, esse que é conquistado através da promoção feita pela liderança.

Capítulo VII - Promoções

As promoções são realizadas normalmente em reuniões gerais, porém há exceções, onde a liderança pode promover até mesmo no meio da semana, em caso de necessidade.
O grupo dos Instrutores conta com sete cargos: Aprendiz, Instrutor, Graduador, Avaliador, Ministro, Vice-Líder e Líder.
Para ser promovido de Aprendiz a Instrutor, o policial deve ter no mínimo sete dias como Aprendiz e completar a Avaliação I, após isso ser aprovado no TFI.
Para ser promovido a Graduador, você deve ser destaque na companhia, sendo levado em conta principalmente: instruções aplicadas, qualidade, postura e participação na companhia. O mesmo é levado em conta para tornar-se um avaliador.
Para ser promovido a Ministro, você deve ser um policial capacitado, um líder e responsável para arcar com as responsabilidades de um órgão vital para a companhia.
Por fim, para se tornar Vice-líder, você precisa sempre estar cumprindo suas responsabilidades como ministro e sempre pensar na companhia, por um bem maior, buscando alternativas, projetos, e, principalmente, destacando-se dentre os demais ministros.

Capítulo VIII - Documentação

A documentação dos instrutores pode ser encontrada, de forma geral, nesse tópico: Documentação dos Instrutores .
O tópico [INS] História , conta a história da companhia, desde sua criação até a atualidade. Com intuito semelhante, [INS] Instrutores na História lista os instrutores que entraram para a história, por terem sido ex-líderes, sido premiados por seu trabalho ou recordistas da companhia.
[INS] Hierarquia  contém um infográfico detalhando cada uma das patentes da companhia e o que deve ser feito para que você consiga subir no grupo.
Para ficar por dentro de todas as mudanças que acontecem no grupo de tarefas, basta checar o tópico [INS] Portarias , que atualiza todas as mudanças que ocorrem no grupo após reuniões, sejam estas gerais, do ministério, da liderança, ou com a supremacia.
Por fim, o [INS] Regimento Interno  é o documento mais importante de toda a companhia, sendo de extrema importância que todos os membros da companhia o leiam, para saber exatamente como esta funciona, cada detalhe do grupo, por meio de seus oito capítulos e cinquenta e sete artigos.

Capítulo IX - Reuniões

Dentro da companhia, ocorrem diversas reuniões. As reuniões da Companhia dos Instrutores ocorrerão aos Sábados às 19:00 horas em datas definidas pela liderança e são feitas com todos os membros da companhia. Caso não for possível o comparecimento de algum representante da liderança, poderá ser alterado o horário da reunião desde que ela ocorra em um Sábado.. Essas reuniões são utilizadas para retirar dúvidas, ler críticas e conselhos, apresentação de sugestões, anunciar mudanças, novidades e, de vez em quando, anunciar novas promoções.
Além desta, ocorrem as reuniões do ministério, que têm como objetivo avaliar projetos e, algumas vezes, indicação de membros para promoção. De forma geral, têm como objetivo pensar no futuro da companhia. Em geral, as reuniões do ministério ocorrem duas vezes por mês.
Ainda podem ocorrer também reuniões da liderança entre si, e com a supremacia, quando há tal necessidade.



Apostila idealizada por Supremacia da RCC.
Todos os direitos reservados à Companhia dos Instrutores.